Será que ter FOCO tem que ser o meu FOCO!

Muito se tem escrito e falado sobre FOCO, em um intervalo de uma em um bate papo informal uma das pessoas do grupo estava discorrendo sobre sua dificuldade de definir um FOCO e ir em frente, então ela finalmente conseguiu decidir que o seu FOCO era descobrir um FOCO. Sorrimos, depois fiquei e refletindo sobre o ocorrido e resolvi escrever sobre o tema.

Como tenho a convicção que tudo começa em mim e que a interpretação do fato transforma-se em realidade para a mim, partindo desta premissa fiz uma autoanálise, qual é o meu FOCO na vida? Muito além da profissão, da carreira, da vida familiar do lazer, enfim, qual o meu FOCO quando se trata de mim?

A resposta veio rápida e clara, meu foco é ser feliz fazendo tudo o que vou fazer da melhor forma possível, estando inteira aqui e agora, sem julgamento, fazendo hoje melhor do que fiz ontem o meu FOCO é o aperfeiçoamento constante.

Com esta resposta em mãos avalie a ultima semana com esta pergunta em mente, Será que mantive o FOCO? Fiquei feliz com a resposta, Sim, Como consegui? Seguindo as etapas:

  • Usar o poder do agora;
  • Atenção aos detalhes;
  • Máxima concentração eliminando os pontos de distração;
  • E finalmente, mas não menos importante, dividir a grande tarefa em pequenas partes e comemorar a execução de cada uma delas;

Montei este diagrama para exemplificar o resultado que sinto em mim agindo desta maneira:

Tenham uma ótima semana, olhem para dentro de si, a fórmula mágica que funciona para todos não existe, seja um você melhor que você ontem que o restante flui.

Teresinha Daninger Isobe

Consultora, Diretora do INFOCC,

Personal e Professional Coaching

Deixe uma Resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

Você deve usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>